NOTÍCIAS

Professores da UFCG decidem paralisar no dia 24/05 e ampliam participação no Ocupa Brasília

Os professores da UFCG decidiram ampliar sua participação no Ocupa Brasília e paralisar suas atividades no próximo dia 24/05, com o objetivo de ampliar a mobilização contra as propostas de reforma da previdência e trabalhista e a Lei de terceirização. A decisão foi tomada numa assembleia geral e simultânea da categoria, realizada ontem de manhã.
A ampliação da participação no Ocupa Brasília, a manifestação nacional convocada pelas centrais sindicais e movimentos sociais que ocorrerá na próxima quarta-feira (24/05), resultará numa caravana deT 11 professores e no apoio a um ônibus que levará estudantes de várias instituições ao protesto.
Seguindo uma indicação do setor das instituições federais de ensino superior (IFES) do ANDES para ampliar a mobilização no dia 24/05, a assembleia da ADUFCG também aprovou a proposta de paralisação nesse dia, com a realização de atividades nas universidades que serão organizadas conjuntamente pela diretoria do sindicato, Comissão de Mobilização e Comitê Municipal contra a Reforma da Previdência.
Para estimular os estudantes a participarem da caravana do Ocupa Brasília, a ADUFCG também pretende, diante da excepcionalidade da iniciativa, enviar solicitação as Unidades Acadêmicas para abonem faltas e evitem outros prejuízos para os alunos que participarão da atividade.
Outra deliberação da assembleia foi que na audiência agendada pela ADUFCG com o reitor Vicemário Simões, ocorra a inclusão da pauta local da entidade com ênfase nas reclamações de professores sobre a atuação da Comissão Permanente de Pessoal Docente - CPPD.
Também foi aprovada na assembleia uma moção de apoio aos funcionários da Alpargatas, que foram punidos pela empresa por terem aderido à Greve Geral realizada no dia 28 de abril.

 

Fonte: ADUFCG - 19/05/2017