Governo Federal corta desconto em folha de contribuição e ADUFCG convoca filiados para repasse direto a entidade

Governo Federal corta desconto em folha de contribuição e ADUFCG convoca filiados para repasse direto a entidade
3 de abril de 2019

O Governo Federal cortou o desconto em folha da contribuição dos filiados da Associação dos Docentes da UFCG – ADUFCG. A direção da entidade está convocando os professores para fazerem o repasse direto a entidade, após o pagamento do salário, no início de abril. Em assembleia geral, a categoria aprovou que o sindicato utilize os recursos disponíveis em aplicações financeiras, ganhos de ações judiciais e do fundo de greve da entidade para manter o funcionamento regular da entidade.

A confirmação da interrupção do desconto em folha dos filiados para a ADUFCG ocorreu após a divulgação da prévia do contracheque do mês de março dos professores, onde já não consta a contribuição.

Em contato mantido com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), responsável pela operacionalização, o sindicato obteve a informação que a mudança de um código de acesso, sem a prévia comunicação para a entidade, provocou a interrupção do desconto.

A ADUFCG foi a única entidade sindical com base na UFCG que teve seu desconto em folha dos filiados cortado. A SRH/UFCG informou que não possui nenhuma interferência nessa operação.

Contas

Para viabilizar o repasse direto dos filiados para a entidade da contribuição de março, a diretoria está disponibilizando as contas da entidade na Caixa Econômica Federal (Ag. 0836 / Operação: 003 / C/c:82-5) e Banco do Brasil (Ag. 1591-1 / C/c:7625-1). O CNPJ da entidade é o: 09243692001-73

Assembleia

Na assembleia geral da ADUFCG, realizada hoje (20/03), os professores filiados autorização a direção a utilizar os recursos da entidade, disponíveis em várias fontes, para assegurar seu funcionamento regular e buscar informações mais detalhadas da iniciativa do Serpro.

A ADUFCG não recebeu nenhuma comunicação prévia Serpro informando a mudança do código da entidade. Também não foi comunicada de qualquer decisão da empresa de interromper o serviço, como já ocorreu na ADUFCG-Patos e outras seções sindicais do ANDES-SN.

Ação

Para barrar o fim do desconto da contribuição em folha, a assessoria jurídica da ADUFCG já deu entrada num mandado de segurança, com um pedido de liminar para obrigar o Serpro e a UFCG a retomarem o serviço de forma imediata.

Compartilhe:

Deixe seu comentário